Mouraria Composta

O Mouraria Composta é um piloto de compostagem eletromecânica, com capacidade para dar resposta à transformação de resíduos orgânicos em composto, dirigido aos habitantes do centro histórico de Lisboa. 

Juntamente com a instalação do centro de compostagem eletromecânica, existirá uma estação pedagógica e hortas. Os habitantes podem reciclar os seus resíduos orgânicos e participar nas atividades de horticultura, cultivando os seus alimentos.

Tem como objetivos reforçar o sentimento de pertença, resiliência alimentar, cidades mais verdes, com a compostagem industrial de proximidade, valorizando bio dejetos e a sua transformação em algo valioso.

 

Contexto

Cada habitante de Lisboa produz anualmente mais de meia tonelada de lixo. Cerca de 20% deste lixo é recolhido seletivamente, indo para reciclagem. Dos 400 kg de resíduos indiferenciados, 41% são resíduos orgânicos: restos de alimentos e ramos/folhas secas de jardins. Esta fração orgânica e biodegradável do lixo (que representa mais de 160 kg por habitante e mais de 88 mil toneladas anuais) tem como destino a incineração. Estes resíduos podem transformar-se em fertilizante através da compostagem. A compostagem a quente transforma resíduos não compostáveis a frio e acelera o processo de 6 meses para 6 semanas. Reduz custos ao tratamento normal de resíduos e utilização de fertilizantes químicos.

 
Atividades
 
Modelo Base / Fonte: Upcycling

Parceiros

Agrupamento de Escolas Gil Vicente, Upfarming e Departamento Municipal de Higiene Urbana da Câmara Municipal de Lisboa. 

 

Financiamento

Prémio Caixa Social. 

Aguarda financiamento de compostor eletromecânico. 

Post a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

a

Magazine made for you.

Featured:

No posts were found for provided query parameters.

Elsewhere: